Breve história da tua Biblioteca...

O Agrupamento de Escolas D. Sancho II, Alijó conta com quatro bibliotecas escolares distribuídas da seguinte forma:

  1. Centro Escolar de Alijó (E.B. 1 /JI);

  2. E.B.1 de Sanfins do Douro;

  3. E.B.2,3 de Pinhão (que integra no mesmo edifício as turmas do 1.º ciclo);

  4. Escola Básica e Secundária de Alijó (Escola sede do agrupamento).

Todas as bibliotecas foram integradas na Rede de Bibliotecas Escolares em 1998 através de uma candidatura. À época, com o financiamento resultante da candidatura e com o apoio das respetivas direções e da autarquia, procedeu-se às obras de remodelação do espaço para a instalação das bibliotecas escolares, aquisição de mobiliário, que ainda hoje é usado, e aquisição de fundo documental.

Durante muitos anos as bibliotecas funcionaram autonomamente, cada uma com o seu professor coordenador que era responsável pela dinamização do espaço e pela promoção e desenvolvimento de atividades de acordo com o nível de ensino e o público-alvo que serviam.

O país foi evoluindo, a política para a Educação também, acompanhados da diminuição progressiva da taxa de natalidade, com reflexo direto na vida e organização das escolas.

Assim, a tutela optou pela fusão entre escolas – E.B. 2,3 D. Sancho II e Escola Secundária de Alijó deram origem a uma só: Agrupamento Vertical de Escolas de Alijó. Mantiveram-se duas bibliotecas, cada uma com o seu coordenador, durante três anos.

Tendo-se verificado vários fatores como a proximidade e o número de alunos, o Conselho Executivo, que então liderava o agrupamento por sugestão dos respetivos coordenadores das bibliotecas e com a aprovação do Conselho Pedagógico decidiram pela fusão das duas bibliotecas, a do bloco C e a do bloco A, numa só – a que existe atualmente no bloco A e que foi alvo de uma reestruturação há quatro anos.

Posteriormente, e de novo por ordem da tutela, o então Agrupamento de Escolas de Pinhão passou a integrar o agora Agrupamento de Escolas D. Sancho II, Alijó.

 

As regras foram sofrendo alterações e, uma vez que o cargo de Professor Bibliotecário implica redução da componente letiva, dos pretéritos quatro coordenadores BE passámos a dois professores bibliotecários e, atualmente apenas um, porque o agrupamento tem um número de alunos inferior a 1250.

As bibliotecas escolares regem-se pelos documentos orientadores emanados da RBE em articulação com o Plano Nacional de Leitura e as normas internacionais IFLA. Têm como principais objetivos:

  • formar leitores competentes e desenvolver as literacias da leitura, da informação e dos media;

  • promover a formação de utilizadores e contribuir para atenuar as desigualdades sociais; e

  • formar cidadãos de pleno direito promovendo práticas inovadoras de aprendizagem em articulação com as estruturas intermédias e com a sala de aula, no respeito pelo Projeto Educativo do Agrupamento. 

RBE e PNL estão sob tutela do Ministério da Educação.